020NICOLE_SANCHEZ2994.jpg

Open Call


BREVE DEFINIÇÃO DO FESTIVAL

Nascido a partir da experiência italiana do Studi Festival e do sucesso da edição piloto de 2018, o festival é destinado aos espaços dos artistas espalhados pela rede urbana da cidade, que abrem simultaneamente com projetos expositivos inéditos. Os artistas serão convidados a realizar, nos próprios estúdios, mostras, performances ou eventos envolvendo outros artistas criando, assim, uma rede capaz de restituir ao público e à crítica um mapeamento das forças criativas ativas na cidade. Além disso, o projeto é aberto a outras realidades independentes, como os espaços no-profit e os artist- run- space, ou a lugares temporários no tecido urbano.

NOVIDADES DA EDIÇÃO DE 2019

A nova edição do FEA prevê, além da programação das mostras, um programa paralelo de eventos, talks e prêmios dedicados aos artistas e à produção artística independente; Além da colaboração com instituições universitárias, instituições culturais locais e profissionais particulares que, através de workshops e colaborações voluntárias, tornarão o festival mais rico e articulado e melhorarão a sua logística.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Desenhar um mapa sinérgico, fluido e democrático da busca cultural da cidade, que compreenda não apenas os espaços institucionais e as galerias privadas, mas todos os lugares em que a arte se realiza cotidianamente.

  • Vitalizar o tecido urbano fazendo emergir a energia criativa que ele contém. Criar relações entre artistas, o público, colecionadores e operadores do setor através da descoberta de lugares inesperados, geralmente não visitáveis.

  • Criar um novo público para a arte contemporânea ligado ao território e à vizinhança, composto pelos cidadãos que, de outra forma, dificilmente entrariam em contato e se interessariam pela produção artística contemporânea. Desenvolver um novo colecionismo, de tipo menor, ligado ao conhecimento e à aquisição direta.

  • Criar uma alternativa à fruição corrente da arte contemporânea, de modo a sugerir a busca de novas possibilidades inovadoras de proposta cultural.

  • Estimular um debate sobre a autonomia da pesquisa dos artistas de acordo com a dinâmica do sistema da arte, criando uma troca construtiva e competição baseada em valores artísticos.

  • Atrair a atenção do público nacional e internacional da arte contemporânea no contexto artístico lisboeta.


CHAMADA ABERTA PARA VOLUNTARIOS


Estamos em busca de voluntários que queiram unir-se a equipe da segunda edição do FEA Lisboa(o Festival dos Espaços dos Artistas de Lisboa). As adesões se encerrarão no dia 1 de Maio de 2019.

COMO FUNCIONA 

Buscamos formar uma equipe de voluntários que possam ajudar-nos a realizar o festival este ano.

Estamos a procurar voluntários que, independentemente do percurso de estudos ou do nível de carreira profissional, tenham vontade de entrar em contacto real com o panorama artístico lisboeta e queiram participar da realização de um festival de arte contemporânea inovador, internacional e sem fins lucrativos!

Precisamos de voluntários nos seguintes campos:

1. FOTÓGRAFOS (Cobertura fotográfica do festival e das suas mostras)
Procuramos fotógrafos profissionais que desejem estabelecer-se em um novo campo jornalístico, o da documentação da arte contemporânea, e/ou jovens artistas que queiram proporcionar um olhar artístico para as mostras do festival, que queiram dar um recorte diferente e vivaz à documentação fotográfica do festival, que possa refletir a sua natureza e as modalidades.

Aos voluntários será solicitado participar de um workshop organizado por um fotógrafo profissional, no qual poderão realizar o material fotográfico que será utilizado posteriormente para divulgar o festival nos jornais e revistas portugueses e internacionais.

2. ASSISTENTE DE PRODUÇÃO (Assistência à produção das mostras do festival)
Procuramos jovens curadores, estudantes ou artistas que tenham vontade de envolver-se na cena lisboeta e de entrar em contacto com a produção artística mais viva e efervescente da cidade.
A cada um dos voluntários será confiada uma ou mais mostras para as quais se ocupará da logística e da relação com os artistas participantes.

3. EQUIPE GENERAL (Relações com o público)
Procuramos jovens, estudantes ou profissionais com facilidade para a comunicação e para a relação com o público, que possam acolher o público interessado ao FEA e fornecer assistência e informações relativas ao evento; que possam acolher os jurados do festival e os participantes dos talks que acontecerão durante o FEA; que queiram experimentar as próprias habilidades de social speaking.
Esta atividade acontecerá principalmente nas Carpintarias de São Lázaro, sede principal e parceiro local do festival.

CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR

1. Ter disponibilidade de 10 a 13 de Maio de 2019 para o os encontros de orientação e de 14 a 19 de Maio para a atividade propriamente dita.

2. Em caso de participação como fotógrafo voluntário, possuir equipamento próprio.

3. Preencher o edital de participação (Você pode preencher a inscrição aqui: https://form.jotformeu.com/90834752881365

4. É desejável o dominio da língua inglesa.


Please find and download the Open Call for volunteers in English in the button below.


CHAMADA ABERTA PARA PROJECTOS


Estamos selecionando alguns dos projetos que participarão da segunda edição do FEA Lisboa (o Festival dos Espaços dos Artistas de Lisboa) que acontecerá durante o período do ARCO Lisboa, de 14 a 18 de Maio de 2019.

[AS ADESÕES FORAM ENCERRADAS NO DIA 1 DE ABRIL]

COMO FUNCIONA 

Serão selecionados para participar do FEA 2019, por meio desta chamada, 10 (dez) projetos/espaços.
Você pode inscrever-se como Estúdio de Artista, como Espaço Independente ou como Evento (projetos temporários ou efêmeros).
Os selecionados serão subdivididos, com base na posição em que estão localizados, em três áreas da cidade. As três áreas corresponderão aos 3 dias de festival.
Os espaços deverão necessariamente ser abertos no dia correspondente à própria área das 17h às 21h.
A comunicação da área à qual pertence será informada aos espaços assim que forem definidas as seleções.
Nos outros dias do festival e, durante a semana seguinte, isto é, a do ARCOLisboa, preferivelmente as mostras deverão ser visitáveis com hora marcada para eventuais visitas particulares e/ou tours.
A equipe do FEA poderá ocupar-se de coordenar as visitas, onde necessário.
A organização se encarregará de disponibilizar mapas impressos e on-line com a localização dos espaços.
O festival será totalmente gratuito, tanto para os participantes quanto para o público.

CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR

1. Ter à disposição um estúdio, um espaço de trabalho ou um project space independente.
2. Apresentar um projeto inédito de mostra que compreenda a participação de outros artistas e não apenas do titular do espaço.
3. Ter condições de respeitar os horários de abertura indicados para as mostras: todos os dias do festival, das 17 às 21 horas (os horários podem sofrer modificações durante o percurso).
4. Ter preenchido e enviado todas as informações e o material solicitado no edital de participação (Você pode preencher a inscrição aqui impreterivelmente até a data limite do seguinte edital, 1 de Abril.

MATERIAL SOLICITADO 


O edital de participação inclui:
1. Informação geral e foto do espaço.
2. Projeto de mostra, compreendendo: Título; breve conceito do projeto (tradução em inglês é necessária) ; artista(s) envolvido(s); Informações adicionais sobre o(s) artista(s) envolvido(s); projeto (PDF/tradução em inglês é necessária).

O JÚRI

Os projetos serão selecionados por um júri composto na maior parte por artistas nacionais e estrangeiros selecionados por sua relevância e por sua experiência na criação e na participação em projetos independentes.

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DA SELEÇÃO

A comunicação dos projectos selecionados acontecerá a partir da segunda metade de abril, com as respectivas indicações quanto à organização, a retirada dos materiais de divulgação e outras informações logísticas do festival.


Please find and download the Open Call for volunteers in English in the button below.